Magnésio Quelato

R$ 30,00 - R$ 58,00
ou a partir de 6 x R$ 5,44
. Comprar  
O Magnésio Quelato tem melhor absorção pelo nosso organismo, além disso, reduz a incidência de efeitos colaterais. Elimina calcificação da coluna como: bico de papagaio, nervo ciático, esclerose, artrite, artrose. Importante evitar envelhecimento precoce, gota, reumatismo, osteoporose e aumenta a absorção de Cálcio sobre o organismo.
Sintomas da carência de Magnésio:
São caracterizados por manifestações como: irritabilidade dos nervos e músculos, inclusive tiques nervosos e cãibras, transtornos neurológicos e psíquicos, como dores de cabeça, vertigens, cansaço visual, tremores nas pálpebras, batimentos cardíacos irregulares (taquicardias). distúrbios glandulares, transtornos digestivos, lentidão no funcionamento do fígado, contrações da vesícula biliar, micções noturnas e problemas na próstata.
EQUILÍBRIO CÁLCIO - MAGNÉSIO
O Cálcio e o Magnésio formam importantíssimo equilíbrio entre líquidos extra e intra-celulares. Quando existe uma carência de Magnésio, o Cálcio, desequilibrado em relação ao Magnésio, em lugar de se fixar nos ossos, é eliminado ou deposita-se em várias partes do organismo formando, ao longo do tempo, calcificações como por exemplo: nas paredes das artérias causando a arteriosclerose, nas articulações ósseas, nos rins e na vesícula formando "pedras", "quistos" nos seios, nos pulmões, etc. além da formação de coágulos no sangue, que predispõe a tromboses provocando sintomas de perda de memória, da visão e transtornos da audição, contribuindo desta forma para o envelhecimento prematuro.
OSTEOARTROSE E OSTEOPOROSE
O Magnésio e o Manganês são fundamentais para a formação do Colágeno em nosso organismo. O colágeno é de suma importância para a constituição da cartilagem dos discos intervertebrais da coluna. Também para a formação da membrana que recobre os ossos nas articulações (periósteo). Com isto são evitados problemas de artrose na coluna (bicos de papagaio, dores) e outros nas articulações como bursite, esporão do calcâneo, etc.. A maior parte do Magnésio em nosso corpo encontra-se nos ossos (cerca de 70%), onde fica em reserva, fazendo parte da trama óssea junto com o Cálcio, o Fósforo e o Manganês. Em caso de carência do Magnésio e frente a uma prioridade maior do organismo, ele tende a ser retirado dos ossos, alterando o seu equilíbrio com o Cálcio, o que favorece certos processos de osteoporose.
SEM MAGNÉSIO NÃO HÁ ENERGIA
Para se gerar energia em nosso organismo são formados no interior da célula, moléculas a partir de carboidratos, lipídeos e proteínas, chamadas ATP (Trifosfato de Adenosina). Esta formação, no entanto, não é concretizada na falta do Magnésio.

Magnésio e atividade física:
Como toda a energia para contração muscular provem da hidrólise de ATP, um nível baixo de Magnésio no organismo resulta em queda no rendimento físico devido a diminuição da produção dessa energia. Portanto, é recomendada uma suplementação de Magnésio para os praticantes de exercícios físicos prolongados ou de alta intensidade. Mesmo as pessoas que não praticam ginástica ou atividade física regular, mas sejam propensas à falta de disposição ou cansaço freqüentes, podem estar com alguma carência de Magnésio, principalmente no caso dos idosos.
PROTETOR CARDIOVASCULAR
A ação do magnésio sobre a energia do coração é tão importante que ele tem sido prescrito como preventivo ideal dos ataques cardíacos. O coração, por exemplo, não consegue bombear sangue pelo corpo sem energia adequada. Nas células das fibras musculares do coração há uma quantidade de ATP que quando enzimaticamente convertida libera energia para permitir a atividade cardíaca. Entretanto, a enzima que desencadeia o processo só funciona na presença de Magnésio. O Magnésio em nível adequado atua também para regularizar a pressão arterial, níveis de colesterol, contrariando a formação de coágulos, evitando manifestações de tromboses e aterosclerose, espasmos das artérias e disritmias cardíacas.
TENSÃO NERVOSA, STRESS E DEPRESSÃO
No fluido extracelular das células nervosas, o Magnésio promove a transmissão de impulsos nervosos para permitir uma contração muscular normal. Nessa situação o Magnésio e o Cálcio são antagônicos: o Cálcio age como estimulador e o Magnésio como relaxante. Caso haja baixos níveis de Magnésio, o Cálcio então predomina, exercendo estimulação contínua dos impulsos nervosos e ativando a contração muscular, não permitindo ao nervo entrar em repouso. Isto gera então irritabilidade ou tensão nervosa. Se este quadro persiste, chega-se em pouco tempo ao "stress" e finalmente à depressão. Por isso o Magnésio é considerado um mineral anti-stress.
TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL E MENOPAUSA
O Magnésio tem ação positiva para suprimir ou aliviar os sintomas decorrentes da TPM e da Menopausa. De fato, estes sintomas em geral desencadeiam um quadro de "stress", o qual por sua vez influencia o organismo para produzir substâncias que afetam a glândula hipófise que, uma vez desregulada, altera a produção de vários hormônios, entre outros os hormônios sexuais, agravando assim a TPM ou os problemas da Menopausa. Por sua vez, o Magnésio, o Manganês, o Zinco e as Vitaminas B3 e B6 atuam para equilibrar o sistema nervoso, contrariando o "stress" e ajudando assim a regularização dos hormônios.
O MAGNÉSIO E A PRÓSTATA
A Próstata é uma glândula formada em grande parte por fibras musculares que necessita de Magnésio para suas contrações normais, ao passo que o Zinco favorece o bom funcionamento das glândulas sexuais. Portanto, a ação conjunta de ambos ajuda para a atividade adequada da Próstata, contrariando a disfunção que ocasiona a sua hipertrofia (aumento de volume). Com o passar da idade, há uma perda maior de Magnésio nos processos catabólicos do organismo, ocasionando redução do mesmo nos órgãos mais ativos como a Próstata e a Bexiga. No caso da Bexiga, a carência de Magnésio provoca perda da elasticidade das fibras musculares das paredes, tornando-as mais rígidas. Assim, qualquer enchimento de urina provoca micção, principalmente no período noturno quando pode ocorrer, por diversas vezes. Com a suplementação de Magnésio as paredes da Bexiga tornam-se mais elásticas, em pouco tempo, reduzindo as micções diurnas e noturnas.

SISTEMA CARDIOVASCULAR: protege contra doenças cardiovasculares, combate a hipertensão e a circulação deficiente, evita a formação de coágulos e ajuda contra a arteriosclerose.
APARELHO DISGESTIVO: Melhora o trânsito intestinal, com ação benéfica sobre o fígado e a vesícula e todo o complexo gastrointestinal, evita lesões gástricas, intestinais e hepáticas.
SISTEMA GLANDULAR: Regulariza o funcionamento das glândulas endócrinas, alivia as perturbações da puberdade, da TPM e da menopausa. Contribui para o funcionamento adequado da próstata e ajuda no tratamento do diabetis.
SISTEMA NERVOSO E NEUROMUSCULAR: Melhora o sono, dando uma sensação geral de bem estar. Combate a tensão nervosa, o "stress" e a depressão. Atua para boa elasticidade das fibras musculares, evitando cãibras e dores musculares.
PELE: Fundamental na formação do colágeno para manter a pele saudável e na supressão ou melhoria de certas afecções da pele (prurido, acne, psoríase, eczemas e verrugas).
SISTEMA ÓSSEO: A ação conjunta do Magnésio e Manganês ajuda na formação e manutenção do disco intervertebral da coluna, previnindo calcificações (bicos de papagaio), dores na coluna e nas pernas, osteoporose, desgaste ósseo das articulações (osteoartrose), bursites e esporão do calcâneo.
APARELHO URINÁRIO: Diminuindo ou fazendo desaparecer as micções noturnas freqüentes devidas a perturbações urinárias da bexiga e de origem prostática. Redução ou supressão da incontinência urinária que surge principalmente em idosos.



Fórmula Magistral
"O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista"
Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 585/2013 do Conselho de Farmácia
Composição

Magnésio Quelato 100mg
Excipiente Qsp 1 cápsula
 
Posologia

Tomar 1 cápsula ao dia na parte da manhã
 
Advertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e animais domésticos.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
9. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
11. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
12. Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".
 
Referências

1. Formulário Médico Farmacêutico, 2º Edição

 
Validade

4 meses
 
• Prazo para postagem:
• Código do produto: 2110B2
• Quantidade mínima: 1
Veja também